Caiafarsa

Desmascarando o protestantismo

LISTA DOS PAPAS MARTIRIZADOS

with one comment

 

LISTA DOS PAPAS MARTIRIZADOS


VEJA QUE ENTRE OS SANTOS E TESTEMUNHAS DE JESUS QUE TIVERAM SEU SANGUE DERRAMADO, ESTAVAM OS PAPAS QUE ERAM MORTOS PELOS IMPERADORES, QUANDO ROMA NÃO ERA AINDA CRISTÃ


Século I

1º Papa – S. Pedro – bispo de Roma no período de 37 a 67 morto por Nero – imperador no período de 41 a 68
2º Papa – S. Lino – de 69 a 79 morto por Vespasiano – de 69 a 79
3º Papa – S. Cleto – de 79 a 92 morto por Domiciano – de 81 a 96 
 
 

 

Século II


4º Papa – S. Celemente – de 92 a 101 morto por Trajano – de 98 a 117
5º Papa – St. Evaristo – de 101 a 107 morto por Trajano
6º Papa – St. Alexandro – de 107 a 116 morto por Trajano
7º Papa – S. Xisto – de 116 a 125 morto por Adriano – de 117 a 138
8º Papa – S. Telésforo – de 125 a 138 morto por Adriano
9º Papa – St. Higino – de 138 a 142 morto por Antonino – de 138 a 161
10º Papa – S. Pio I – de 142 a 155 morto por Antonino
11º Papa – St. Aniceto – de 155 a 166 morto por M. Aurélio de – 161 a 180
12º Papa – S. Sotero – de 166 a 174 morto pro M. Aurélio
13º Papa – St. Eleotério – de 174 a 189 morto por Comodo de 180 a 193
14º Papa – S.Vitor I – de 189 a 199 morto por S. Severo – de 193 a 211 
 
 

 

Século III


15º Papa – S. Zeferino – de 199 a 217 morto por Caracala – de 211 a 217
16º Papa – S. Calixto I – de 217 a 222 morto por Heliogabalo de 218 a 222
17º Papa – St.Urbano I – de 222 a 230 morto por A. Severo de 222 a 235
18º Papa – S. Ponciano – de 230 a 235 morto por Alexandre Severo
19º Papa – St. Antero – de 235 a 236 morto por Maximino de 235 a 238
20º Papa – S. Fabiano de 236 a 250 morto por Décio de 249 a 251
21º Papa – S. Cornélio – de 251 a 253 morto por Treboniano – de 251 a 253
22º Papa – S. Lúcio – de 253 a 254 morto por Valeriano – de 253 a 260
23º Papa – St. Estêvão – de 254 a 257 morto por Valeriano
24º Papa – S. Xisto II – de 257 a 258 – Morto por Valeriano
25º Papa – S. Dionísio – de 259 a 268 – Não sofreu o martírio
26º Papa – S. Félix – de 269 a 274 – morto por Aureliano – de 270 a 275
27º Papa – S. Eutiquiano – de 275 a 283 – não sofreu o martírio
28º Papa – S. Caio – de 283 a 293 – Não sofreu o martírio 
 
 

 

Século IV


29º Papa – S. Marcelino – de 296 a 304 – Não sofreu o martírio
30º Papa – S. Marcelo I – de 308 a 309 – morto por Constâncio de 305 a 311
31º Papa – St. Euzébio – de 309 a 310 – desterrado por Maxêncio
32º Papa – S. Melquíades – de 311 a 314 – Este não foi morto – Já reinava Constantino I, o Grande – O primeiro imperador cristão.Logo, “os Santos e Testemunhas de Jesus” de que fala a bíblia eram principalmente os Papas, líderes dos cristãos.

Isso elimina definitivamente a calúnia protestante, que malandramente coloca os Papas como “matadores”.
 
 

 

 

OSWALDO0 comentários

 

COLETÂNIA DE CALÚNIAS

 

 

Nenhuma pessoa ou entidade é mais caluniada que a Santa Igreja edificada por Cristo sobre a pessoa de KEPHAS (Rocha) principalmente nas pessoas seus Papas e Ordens Religiosas. Aqui vamos identificar alguns artigos e desmascará-los..

 




I – AS MENTIRAS:

“13:1-5, a palavra grega para a besta “Teriou” se refere ao poder que controlaria as nações. A bíblia nos fala que a primeira besta tinha dez chifres e sete cabeças.Mar em profecias segundo apocalipse 17 se refere a multidões, nações dando ênfase queeste poder subiria dentre os povos. Os chifres por sua vez se refere as dez nações da Europa que estava em volta daquela primeira besta que formaram hoje os países do mundoatual. Estes dez chifres eram: Otomanos, Germânos, Anglo Saxônicos, Lombardos, Vân-dalos, Herulus, Hunus, Suévos e Francos. As sete cabeças no qual a mulher esta senta-da se refere ao sete montes de sua localização. Mulher em profecia significa igreja, osmontes que ela estava sentada são: Captalina, Palatina, Esquilina, Aventína, Viminal,Quiminal e Cele. Estes montes se localiza em Roma no qual aquele poder opera. A bí-blia nos fala que este poder destruiria os Santos do Altíssimo, e cuidaria em mudar otempo e as lei, Daniel 7:25. Perceba que no passado o dia era contado de pôr do sol apôr do sol, o papado mudou para a meia-noite, (Hora das trevas). Também mudou alei moral, lei eterna, omitindo do caticismo dois desses mandamentos, cortou o désci-mo em dois e colocou no lugar do segundo mandamento que se refiria a idolatria, etransferiu o dia cristão de culto, Atos 13:14 – Atos 18:4 – Atos 17:2, para o dia pagão deculto ao Sol o Domingo. Entretanto, sempre teve um grupo que permaneceram fiel aDeus e as suas palavras. Entre estes os Valdenses, Alvigenses, Hugnotes, Anabatistas eLonlardos, mantiveram a pureza da doutrina bíblica sem se contaminar com aquelepaganismo. A inquisição e as cruzadas foram armas usadas pelo papado para reprimiraqueles grupos contrário a Roma. O eis jesuita Alberto Rivera revela-nos que a igrejano espaço de 1260 anos (Apocalipse 13:5 um dia em profecia vale um ano Eze. 4:6).Matou mais de 450 milhões de seres humanos contabilizando do período desde 538quando o papado teve total domínio sobre a terra até 1798 quando a profecia afirmaque este período terminaria, e isto aconteceu quando Bertier recebendo ordem deNapoleão prendeu o papa Pio VI, e aquela tirania papal chegou ao fim. Neste perío-do cumpre-se apocalipse 12:6, onde a igreja fugiu para o deserto, pois nesse períodoesses grupos se refugiaram nas montanhas. Porém a bíblia nos fala de uma segundabesta que subiu da terra que se refere aos Estados Unidos, que se uniria e daria poderaquela segunda besta, fazendo que grandes e pequenos adorem a imagem da bestaque foi ferida de morte e sobreviveu. Isto aconteceu literalmente em nossos dias quan-do o presidente Ronald Reagan fez uma aliança com o vaticano no dia 10 de Janeirode 1984, desde então a imagem da besta esta se formando através do Ecumenismo eda implantação do domingo da família, que resultará no recebimento do número dabesta, e este número é 666. O número da besta será implantado em três aspéctos:Político, Ecônomico e Religioso, verifique que o símbolo das nações unidas é exata-mente o 666. No setor econômico tudo que voce compra e vende hoje já esta com ocódigo de barras que apresenta estes códigos binários chamados barras de proteçãoque é exatamente 666. Também o dinheiro dará lugar ao dinheiro de plástico: Visa,este cartão controlará todos os demais do mundo… O interessante que a palavra Visaem três linguas da exatamente 666. V + I = 6 em romano, S em grego 6 e o A em ba-bilônico 6. No sentido religioso observe no gráfico abaixo. Concluimos que estamoscaminhando para um período que todas as nações será controlado pelo laser em ba-rras implantado na pele como a sua nova indentidade. Apesar dos benefícios, essanova identidade dará poder aos governos de controlar a individualidade e a fé cris-tã do indivíduo.”

II – ONDE PODEMOS ENCONTRÁ-LAS

http://www.geocities.com/evangelhoeterno/abesta.htm
III – DESMASCARANDO AS MENTIRAS

 

 

 

 

MENTIRA Nº 01

“… Mulher em profecia significa igreja… “

 

A VERDADE: – No afã de atribuir à Igreja tudo o que se refere aos poderes da “Porta do Inferno” os rebelados acabam contradizendo a Palavra de Deus. Aqui ignoraram o versículo 18 do capítulo 17:
“A mulher que viste é a Grande Cidade que está reinando sobre os reis da terra”

Se mulher é “cidade”, não pode ser a IGREJA CATÓLICA conforme maldosamente estão impingindo. A passagem acima se refere à ROMA pagã, perseguidora dos cristãos inclusive dos bispos (o Papa é o Bispo de Roma), sacerdotes e diáconos da Igreja Católica, conforme podemos ver neste decreto do imperador Valeriano (253-260):

“(…) ordeno que sejam castigados imediatamente os bispos, os sacerdotes e diáconos; os senadores, cavaleiros e fidalgos romanos que devem ser privados de suas propriedades e degradados; e, se persistirem na fé cristã, decapitados; as matronas, privadas de seus bens e desterradas. Qualquer membro da casa de César que confessou ou ainda confessa ser cristão, perderá seus bens e será entregue preso para trabalhos forçados nas terras do Imperador.”

 

 

 

 

 

 

MENTIRA Nº 02
 

 

 

 

“… A bíblia nos fala que este poder destruiria os Santos do Altíssimo, e cuidaria em mudar otempo e as lei, Daniel 7:25… “

A VERDADE: – Aqui, segundo o autor deste artigo mentiroso, (deve ser ADVENTISTA por defender a guarda do sábado judeu em vez do domingo cristão), transforma os perseguidos em perseguidores e os mártires cristãos em protestantes que só foram aparecer bem lá na frente, a partir do século XVI. Hehehe!!! Hihihihi!!!!!
 

 

 

Aqui estão relacionados todos os Papas martirizados pelos imperadores Romanos desde São Pedro até a vitória definitiva do cristinismo em Roma. Ver Lista dos Papas Martirizados

 

 

MENTIRA Nº 03

 

… os montes que ela estava sentada são: Captalina, Palatina, Esquilina, Aventína, Viminal, Quiminal e Cele.

 

A VERDADE: – A sede da Santa Igreja Católica está assentada sobre a colina VATICANO e não se encontra entre as sete mencionadas neste artigo mentiroso, exatamente no lugar onde foi sepultado o nosso primeiro Papa São Pedro conforme descobertas arqueológicas:

 

“Em princípios do século XIX, as catacumbas do Vaticano foram identificadas em sua totalidade e, em finais do mesmo século, se descobriu a cripta dos papas com os epitáfios do século III de Ponciano, Fabiano, Cornélio, entre outros. No Vaticano se encontram, além destes, os restos mortais de muitos papas recentes, como os corpos incorruptos de São Pio X e do beato João XXIII, que estão expostos à veneração pública. Em escavações efetuadas em 1915 na gruta da basílica de São Sebastião se encontrou um muro coberto de invocações aos apóstolos Pedro e Paulo, para onde suas relíquias foram transportadas por um certo período, devido às perseguições promovidas pelo imperador Valeriano (253-260).A partir de 1941 foram realizadas novas investigações nas catacumbas do Vaticano por ordem do papa Pio XII. A equipe era formada por quatro especialistas do Instituto Pontifício de Arqueologia Cristã. Encontraram pinturas, mosaicos com símbolos das origens da Igreja (como o peixe, o pavão, a âncora e o cordeiro), figuras de Cristo e cenas bíblicas, imagens religiosas, moedas e túmulos de cristãos e pagãos. No ano de 1958, sob o pontificado de João XXIII, deu-se a notícia de que os arqueólogos tinham descoberto um grosso muro vermelho; ao lado, encontraram várias caixas de chumbo cheias de restos de diferentes pessoas e animais domésticos. Em uma das caixas se constatou, mediante exames laboratoriais, a existência de ossos de um homem robusto de cerca de 60 a 70 anos de idade, do século I da nossa Era. Tais ossos foram identificados plenamente por Paulo VI, em 1968, como “relíquias de São Pedro”, que já eram mencionadas pelo clérigo romano Caio como “o troféu do Vaticano”. Os ossos do Apóstolo foram depositados em uma capela situada sob o altar principal da Basílica de São Pedro e permanecem visíveis através de uma urna de cristal”

 

http://www.veritatis.com.br/article/4333

 

 

 

MENTIRA Nº 04

 

“… mudou a lei moral, lei eterna, omitindo do caticismo dois desses mandamentos, cortou o déscimo em dois e colocou no lugar do segundo mandamento que se refiria a idolatria… “

 

A VERDADE: – Quer ver a prova de que está mentindo? Quem quiser verificar basta dar uma vista numa bíblia católica, Êxodo, cap. XX. Aliás, nem precisa se dar a este trabalho. Clique aqui: Biblia Católina “Ave Maria” – Êxodo 20, 3-17.

 

Naturalmente os caluniadores se apegam ao fato de a Igreja ensinar a doutrina cristã através de resumos a fim de que os ensinos de maior importância possam mais facilmente ser decorados. Nenhum crime nisso. Tudo não passa de método de ensino que o próprio Jesus usava:

 

I – 1º. Não matarás, 2º. não cometerás adultério, 3º. não furtarás, 4º. não dirás falso testemunho, 5º. honra teu pai e tua mãe, 6º. amarás teu próximo como a ti mesmo. (São Mateus 19,18-19);

 

II – 1º. Amarás o Senhor teu Deus de todo teu coração, de toda tua alma e de todo teu espírito (Dt 6,5). 2º. Amarás teu próximo como a ti mesmo (Lv 19,18). (São Mateus 22, 37.39);

 

 

III – Este resumo foi feito por um doutor da lei e Jesus o aprovou: 1º. Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, de toda a tua alma, de todas as tuas forças e de todo o teu pensamento (Dt 6,5); 2º. e a teu próximo como a ti mesmo (Lv 19,18).

 

 

Você terá a ousadia de dizer que Jesus É A BESTA só porque expressou o DECÁLOGO resumidamente?

 

 

Veja demais coincidências:

 

a) – Jerusalém estava também situada sobre sete colinas: 1.) monte Gared; 2.) monte Goath; 3.) monte Acra; 4.) monte Bezetha; 5.) monte Moriah; 6.) monte Ophel; 7.) monte Zion

 

b) O nome de Jesus também soma 666: “Yoshua Nestery=(Jesus de Nazaré)
Y=10; O=0; SH=300; V=6; A=0 –> (10+300+6) = 316
N=50; E=0; S=90; T=0; E=0; R=200; Y=10–> (50+90+200+10)=350.

 

 

 

MENTIRA Nº 05

 

…e transferiu o dia cristão de culto, Atos 13:14 – Atos 18:4 – Atos 17:2, para o dia pagão de culto ao Sol, o Domingo…

 

VERDADE: PROPALAM os mentirosos evangélicos que antes do decreto do Constantivo os cristãos observavam o SÁBADO JUDEU em vez do DOMINGO CRISTÃO. É a coisa mais fácil provar o contrário.

 

 

 

A Epístola de Barnabé, não é um escrito considerado pela Igreja como inspirado. O que fala ali pode ser tanto aceito como rejeitado. Não nos interessa isto. O que nos interessa é o testemunho do escritor que nos diz que naquela época os cristãos observavam o DOMINGO cristão e não o SÁBADO judeu. Diante de uma prova desta a você somente sobra a alternativa de provar que este documento é falso, o que absolutamente não pôde provar nem poderá. Além disso, no ano de 57/58, por exemplo, em Trôade, na Ásia Menor, os cristãos se reuniam no primeiro dia da semana, conforme At 20, 7, para celebrar a Eucaristia. Em 1Cor 16, 2, S. Paulo recomenda aos fiéis a coleta em favor dos pobres no primeiro dia da semana – o que supõe uma assembléia religiosa realizada naquele dia.

 

Naturalmente que o comportamente dos cristãos em observar o primeiro dia da semana, e não o sétimo, era um grave escândalo para os judeus o que fez com que os apóstolo São Paulo se pronunciasse sobre tais críticas: CRÍTICA POR CAUSA DO SÁBADO – “Ninguém, pois, vos critique por causa de comida ou bebida, ou espécies de festas ou de luas novas ou de Sábados. ” (Colossenses 2,16);

 

INÁCIO DE ANTIOQUIA – O DIA DO SENHOR – Inácio (100 d.C.) disse: “Aqueles que estavam presos às velhas coisas vieram a uma novidade de confiança, não mais guardando o Sábado, porém vivendo de acordo com o dia do Senhor (Domingo)“. (Carta aos Magnésios 9,1);

 

 

 

HIPÓLITO DE ROMA (morto entre 230-235) – ORDENAÇÃO DO BISPO – “Deve ser ordenado bispo aquele que tenha sido eleito incontestavelmente por todo o povo. Quando for chamado por seu nome e aceito por todos, reunir-se-ão, no domingo, todo o povo, o presbitério e os bispos” (Hipólito-Bispo Católico, discípulo de Ireneu, nascido na segunda metade do século II-Escreveu “Ministérios Ordenados e Não Ordenados”).

 

 

 


MENTIRA Nº 06

 

 

“… empre teve um grupo que permaneceram fiel a Deus e as suas palavras. Entre estes os Valdenses, Alvigenses, Hugnotes, Anabatistas e Lonlardos, mantiveram a pureza da doutrina bíblica sem se contaminar com aquele paganismo… “

 

A VERDADE: – Muitos protestantes não se conformam que surgiram somente a partir de Martinho Lutero. É bem verdade que existiam alguns grupos de hereges antes de Lutero e alguns até de certa importância, não porém no que se refer à “pureza da doutrina bíblica”. Aliás, hereges sempre acompanharam a santa Igreja Católica como verdadeiras parasitas.

 

 

 

Em primeiro lugar os Anabatistas somente foram aparecer após Lutero, sendo que alguns remanescentes das heresias anteriores acabaram aderindo a eles. O certo mesmo, a despeito de os Batistas colocarem na boca do cardeal Hosius (que nunca foi presidente do Concílio de Trento como afirmam) um pronunciamento pelo qual os Batistas se crêem ter existido pelo menos há 1200 anos antes da rebelião protestante. Só que não conseguem mostrar o documento donde obtiveram tal informação.

 

 

Pura mentira!

 

 

 

Na verdade, a seita, das mais de 50.000 existentes, é, sem dúvida, a mais pretensiosa, rancorosa e fanática. Estes sectários não querem ser netinhos de Lutero, e, para renegar a sua origem, fabricaram-se uma genealogia que remontaria até S. João Batista. É grotesco, mas o absurdo, na linguagem da revolta, se denomina ciência e progresso. Com uma seriedade que faz rir, estes protestantes dizem ter a verdadeira Igreja fundada por Jesus Cristo sido infiel à sua missão, falsificado a doutrina de seu fundador, tornando-se desse modo, inapta para conduzir as almas ao céu; uma parte, entretanto, ficou fiel, separou-se do restante, e foi assim atravessando os séculos até chegar a nós, sob o título de “batistas”.

 

João de Leyde (João Bockhold)

 

Escalando, porém, todo o curso da sua história, chega-se a uma tristíssima figura de polígamo chamado JOÃO DE LEYDE, um doido, amancebado com 17 mulheres.
Este homem exaltado é o único e verdadeiro fundador desta seita; o nome do precursor é para eles um meio de se atribuírem uma origem remota e de esconder melhor a vida torpe e escandalosa de seu genuíno pai.

 

O princípio de discórdia foi o batismo das crianças. Já no princípio da reforma Lutero condenava os chamados profetas de Zwickau, cujo chefe e fundador era o famoso TOMÁS MUNZER, um dos participantes na revolta dos camponeses, preso na batalha de Frakenhausen, e aí decapitado. Os sectários de Münzer fizeram depois da cidade de MÜNSTER o centro de sua ação, e foram chamados de ANABATISTAS, um dos quais chamado JOÃO BOCKHOLD, mudou depois o seu nome em JOÃO DE LEYDE; este fanático revolucionou a cidade em 1534 e, na frente de um verdadeiro exército de exploradores, expulsou o bispo, – estabeleceu a comunidade de bens e a poligamia, entregando-se a mil extravagâncias de pseudo êxtases, de profecias e visões. Entre seus asseclas não havia direito à propriedade sendo tudo partilhado… até as mulheres!!!…

 

Mas passemos aos pre-existentes, dentre os quais, destaco a fina flor das heresias: os ALBIGENSES. Este é o nome que receberam os CÁTAROS no sul da França. Falar de Albigenses e de Cátaros é a mesma coisa. Cumpre aqui destacar que a doutrina dualista desta seita influiu na cabeça de Lutero que a certo momento, escrevia que Jesus é Deus e o Diabo ao mesmo tempo (Tischredden). Era, pois, o Catarismo uma religião dualista, isto é, para eles existiam dois deuses: o do bem e o do mal, sendo o Pai Eterno o Deus do Bem e Satã do deus do mal. Ao primeiro é atribuida a criação de todo o universo espiritual e ao segundo, do universo material, a terra, o mar, os planetas, as estrelas etc. O homem é fruto da união desses dois princípios: sua alma é prisioneira da matéria e esta, por sua vez, encontra-se presa ao mundo material. O objetivo do homem seria, portanto, purificar-se espiritualmente, buscando libertar-se do mundo material – isso seria fruto de várias reencarnações (doutrina espírita). Não havia crença na idéia de inferno, uma vez que acreditava-se que, no fim, o Deus do bem triunfaria sobre o do mal.

 

Hahaha!!! Belíssima “pureza Bíblica”!!!!

 

MENTIRA Nº 07

 

“… O eis [ex] jesuita Alberto Rivera revela-nos que a espaço de 1260 anos (Apocalipse 13:5 um dia em profecia vale um ano Eze. 4:6). Matou mais de 450 milhões de seres humanos contabilizando do período desde 538 quando o papado teve total domínio sobre a terra até 1798… “


Falso ex-padre Alberto Rivera

 

A VERDADE – É gente morta pra cacete! Diariamente a Inquisição matava cerca de mil pessoas. Só gostaria de saber em que documentos dignos de crédito os hereges foram buscar número tão estupendo! Documentos sérios, e não na declaração de Alberto Rivera que nunca foi padre e jamais esteve em algum seminário. Deste nem vale a pena explicar muitas coisas. Vou apenas indicar em que lugar se pode saber alguma coisa sobre criatura tão desprezível: ALBERTO RIVERA – UM TRAPACEIRO COMO HERÓI .

 

Detenho-me porém no período histórico de 538 a 1798 que, segundo fala o grande mentiroso o papado deteve o poder absoluto sobre todos os povos. Historicamente nada de importante aconteceu em 538, mas o que se seguiu a esta data, é só na cabeça de mentirosos empedernidos que o Papa passou a ter tão grande poder a não ser a das chaves que lhe foram confiadas por Cristo.

 

 

Mas antes vamos considerar alguns detalhes sobre este período denominado pelos Adventistas de “A Grande Tribulação” (Livro “Nisto Cremos”). Neste livro os adventistas afirmam que a grande tribulação foi o período de tempo compreendido entre 538 a 1798 d.C. e assim, concluem que o ano de 538 foi o início da grande tribulação, pois foi o início da supremacia papal conseguida por meio dos exércitos romanos de Justiniano.

 

Bem, se, segundo afirma o dono das maxambetas acima, a grande tribulação terminou em 1798 como pode o sinal no sol ter ocorrido antes do seu fim (os adventitas ensinam que o sinal no sol foi em 1780), pois segundo as palavras de Jesus os sinais seriam logo em seguida à tribulação daqueles dias (São Mateus 24,29)?

 

– Porque foi abreviada, responderiam eles.

 

Mas e a inquisição espanhola? Se o fim da grande tribulação foi em 1798, por que a inquisição espanhola, que, se não foi a pior, foi uma das piores, durou até 1834? Ela não fez parte da grande tribulação?

 

Um pouco de História não faz mal a ninguém. Vejamos:

 

“Em 535, o exército de Justiniano I tinha conquistado a Sicília sob o comando do general bizantino Belisário que, naquele momento estava no sul da Península Itálica. Vitige reorganizou o exército e em 537 assediou Roma fazendo cortar todos os aquedutos que levavam água à cidade. Em março de 538, foi obrigado a interromper o assédio para retomar as operações militares no norte da Itália onde o general Giovanni estava aproximando-se rapidamente de Ravenna. Em 540, Belisário atacou Ravenna, a capital dos ostrogodos. Vitige foi feito prisioneiro e foi levado junto com sua esposa a Constantinopla onde morreu sem herdeiros.”
http://pt.wikipedia.org/wiki/Vitige.
 

 

 

Vocês já ouviram falar sobre Totila?

Roma teve poucos sobreviventes na ter –
………..ceira invação de Totila.

“Depois dos conflitos contra o general bizantino Belisário e depois da conseqüente captura de Vitige em 540, os ostrogodos passaram a ter um Estado ao norte do rio Pó. Totila era o comandante da tropa gótica sob Tarvisio, e foi provavelmente nomeado rei por volta da metade de 542.O seu objetivo foi a de contrapor-se à política do imperador bizantino Justiniano I , que visava a posse da Itália. Totila teve inicialmente muito sucesso, aproveitando-se do fato que as tropas de Justiniano I no Império Romano do Oriente estavam empenhadas desde 540 em uma guerra contra os sassânidas da Pérsia. Conseguiu notáveis sucessos no campo de batalha assediando e saqueando Alatri em 543, recrutando camponeses para reforçar o exército, e conseguiu conquistar a cidade de Roma por duas vezes, ao fim de 546 e ao início de 550, embora não conseguisse mantê-la por muito tempo.A primeira vez Totila assediou Roma em 544. Em 17 de dezembro de 546 os guardiões se depararam com o exército ostrogodo e abriram as portas da cidade, consentindo com a invasão. Roma foi depredada e os seus muros destruídos, enquanto os seus habitantes foram perseguidos. Na primavera de 547, Belisário conseguiu libertá-la, e um segundo assédio de Totila em maio do mesmo ano não teve sucesso. No outono de 549, Totila assediou Roma pela terceira vez, e conseguiu conquistá-la graças a uma nova traição dos guardiões que abriram as portas ao seu exército. A cidade teve poucos sobreviventes e o senado romano se transferiu quase completamente a Bizâncio. A segunda guerra gótica foi muito mais sangrenta que a primeira nos anos entre 535 e 540.

 

Depois da segunda conquista de Roma, Totila fez uma campanha de propaganda, na qual pôs em confronto o estilo de vida dos ostrogodos no tempo de Teodorico o Grande, com os anos de sofrimento, da guerra e da política fiscal de Justiniano I. Teve menos sucesso com a política exterior, uma vez que não conseguiu fazer aliança com os francos. Em 551, Justiniano I entregou o comando do exército bizantino ao general Narses, e o mandou a libertar a Itália: as suas tropas entraram na Itália do norte através dos Bálcãs, evitando as linhas defensivas góticas. Totila então abandonou Roma, levando consigo 300 jovens reféns escolhidos entre as famílias mais importantes da cidade. Em 30 de junho ou 1° de julho de 552, o exército ostrogodo foi derrotado na Úmbria sob as flechas dos arqueiros do exército de Narses, na Batalha de Tagina (também conhecida como Batalha de Busta Gallorum) entre Gúbio e Gualdo Tadino. Totila morreu em batalha ou durante a fuga, e os ostrogodos se reuniram sob o seu último rei na Itália, Teia: este mata os 300 jovens reféns de Totila, e o mesmo fim tiveram todos os prisioneiros e as famílias senatoriais. Porém, devido à perda da maior parte da cavalaria, que não pôde oferecer uma resistência adequada, o sonho dos ostrogodos de um reino na Península Itálica teve fim.”

 

http://pt.wikipedia.org/wiki/Totila

 

Bem, diante do exposto acima será que podemos concordar com o articulista mentiroso que garante que a supremacia papal começou em 538 a.D. ? Observe que a história narrada na Wikipédia está confirma com o que narra o grande historiador Césare Cantu. O Papa Virgílio (540-555) foi tratado como prisioneiro do imperador Justiniano enfrentando corajosamente seus sofrimentos. Disse ao Imperador: “Vós estais de posse de mim; nas não de São Pedro”. A perseguição foi tanta que o Papa teve de se refugiar debaixo de um altar e tendo-se o pretor adiantado para o tirar de lá, o povo sublevou-se para o defender e ele pôde, então procurar asilo na Igreja de Santa Efêmia de Calcedônia. O que se seguiu até sua morte em Siracusa (555) foi uma luta contínua contra a ameaça de diversos cismas. Nada, portanto, de poder absoluto dos papas. Uma boa e grossa mentira a favor das heresias adventistas, segundo afirmação de Lutero.

Quando um fato é mentiroso, os caluniadores não entram em concordândia. Veja esta outra aifrmação:

“A Inquisição… Instituída em 1232 pelo papa Gregório IX ela vigorou até 1859, quando o papado extinguiu definitivamente o Tribunal do Santo Ofício. Portanto, funcionou durante longos seis séculos… “ http://www.cav-templarios.hpg.ig.com.br/inquisicao.htm

“… os cristãos genuínos eram tratados com cruel desvelo, com ira dobrada! Estas atrocidades duraram até o século XIX (ano de 1834)” http://www.asaida.org.br/santa-inquisicao.htm

 

…. AINDA EM CONSTRUÇÃO.

 

Written by caiafarsa

outubro 18, 2008 às 3:02 am

Uma resposta

Subscribe to comments with RSS.

  1. […] LISTA DOS PAPAS MARTIRIZADOS […]


Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: