Caiafarsa

Desmascarando o protestantismo

BONIFÁCIO IV RESSUSCITA A IDOLATRIA PAGÃ


A MENTIRA


Em 610, Bonifácio IV consumou o facto da idolatria pagã, abrindo o panteão de Roma, e substituindo nele as divindades do paganismo pelos chamados santos, nascendo aqui a festa de Todos os Santos.

ONDE SE ENCONTRA

http://www.sergiofelizardo.com/estudoasimagens.htm

CONSIDERAÇÕES

Na verdade, há muito tempo que já não existia o culto a todos os deuses pois Roma se tornara cristã. O PANTEÃO, um magnífico tempo dedicado aos diversos deuses pagãos, era um monumento abandonado que resistiu impavidamente às detruições causadas pelos invasores e pela enchente do rio Tibre. A mentira, pois, acima, reside no fato de se afirmar que SÃO BONIFÁCIO IV “consumou” o fato da idolatria pagã, dando a entender que são “deuses” os mártires, cujos ossos foram transferidos das catacumbas para este templo, transformado pelo papa em uma magnífica Igreja dedicada à Santíssima Virgem e a todos os mártires.

DOCUMENTAÇÃO

Historicamente podemos afirmar que Flávio Focas Augusto fez a doação do Panteão à Igreja e apenas narrar o que se encontra como Biografia de São Bonifácio IV.

Ver: http://pt.wikipedia.org/wiki/Focas

A afirmação do Sérgio Felizardo é vaga e tendenciosa sendo necessária uma vista mais detalhada da biografia deste santo que nasceu em Valéria, Abruzo, sendo o sucessor de Bonifácio III, dez meses após a morte deste, ocorrida em outubro do ano anterior. Era filho de um médico.

Homem de espírito piedoso, foi providencialmente escolhido para governar a Igreja numa época de imensos sofrimentos para o povo romano que, além do mais, sofria um quadro dos mais decadentes de sua história.

Em meio à desolação geral deixada pela fome e pela peste, agravada pelas inundações do rio Tibre, a cidade oferecia um quadro de ruínas dos antigos monumentos, deteriorados pelo tempo ou destruídos pelos invasores.

É a partir daqui que o mentiroso, cujas mentiras são copiadas por muitos, aproveita para deturpar a verdade. A propósito: SANTOS NÃO SÃO DEUSES, como falsamente afirma esta maxambeta.

Eles, depois desta vida, reinam com Cristo (Romanos 5,17; II Timóteo 2,12; Apocalipse 5, 9-10; 20,6; 22,5) e isto não é reles título nobiliárquico. Cmo tais, efetivamente têm o poder régio, inclusive o de nos introduzir nas moradas eternas (São Lucas 16,9).

Nesta época, apenas o majestoso templo pagão, o Panteão, construído por Agripa, há mais de 600 anos, dedicado, outrora, aos falsos deuses, resistia milagrosamente incólume.

No seu pontificado, o principal acontecimento para o mundo cristão foi a salvação deste monumento.

O novo papa pediu ao imperador que lho cedesse, aproveitando, então para transformá-lo numa magnífica igreja, dedicada à Virgem Maria e a todos os Mártires (e não DEUSES como afirma o artigo mentiroso)

A nova igreja foi solenemente consagrada em 13 de maio (609).

Vinte e oito carroças com o os ossos dos mártires das Catacumbas foram enterradas sob o altar principal.

Daí surgiu a veneração a Todos os Santos, festa mais tarde fixada por Gregório IV, em 10 de novembro.

Com as notícias vindas do Oriente de que os Persas haviam devastado Jerusalém e a igreja do Santo Sepulcro, caiu em profunda depressão, e morreu venerado como santo, em Roma.

Sua festa é comemorada no dia de sua morte, oito de maio.

Sobre o Panteon: http://www.lmc.ep.usp.br/people/hlinde/Estruturas/Panteon.htm

Biografia de Bonifácio IV – Página do prof.Carlos Fernandes:

http://www.dec.ufcg.edu.br/biografias/PPBoni04.html


Vejam este outro site que conta a mesma história do falso ex-pedre RAIMUNDO PEREIRA, pastor da Igreja Assembléia de Deus:
http://macfly.multiply.com/journal/item/114
Em qualquer site protestante é quase impossível não depararmos com pelo menos uma mentirinha.

OSWALDO

http://www.orkut.com.br/Main#CommMsgs?cmm=30891250&tid=2578428634167681097&kw=

Cai a farsa.

Written by CAIAFARSA PROTESTANTE

fevereiro 14, 2009 às 2:54 am

%d blogueiros gostam disto: